2017-10-06

Miguel de Sousa Tavares...

... nas suas palavras.


“Na hora da despedida, é quase sempre mais triste ficar do que partir e, numa ilha, isso marca uma diferença fundamental, como se houvesse duas espécies de seres humanos: os que vivem na ilha e os que chegam e partem.”
                                                                                                                    (do livro Equador)


“Éramos donos do que víamos: até onde o olhar alcançava, era tudo nosso. E tínhamos um deserto inteiro para olhar.”                                 
                                                                                                             (do livro: No teu deserto)


“A coisa mais difícil e mais bonita de partilhar entre duas pessoas é o silêncio.”                                 
                                                                                                               (do livro: No teu deserto)





Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...